Apoio ao cliente - 707 234 234
Porto | A Peça Que Dá Para O Torto

Notas

Informações de acesso:
O Coliseu Porto Ageas esforça-se por cumprir as directrizes das autoridades de saúde e adopta de forma responsável as medidas de prevenção da Covid-19, de modo a proteger espetadores, colaboradores e artistas.
A 1 de Outubro de 2021 foi retomada a capacidade de lotação total das salas. Continua a ser obrigatório o uso de máscara para acesso ao Coliseu e durante toda a permanência no interior. Recomendamos a frequente higienização das mãos disponível em múltiplos pontos do equipamento.
À data atual, para a entrada nos espetáculos é necessário verificar a validade de pelo menos uma das condições:
- apresentação de Certificado Digital de Vacinação anti-SARS-CoV-2 com um mínimo de 14 dias;
- documentação de recuperação da Covid-19, com cessação do isolamento prescrito após a infeção;
- teste negativo para a Covid-19, sendo aceite o teste de amplificação de ácidos nucleicos (TAAN), realizado até 72h antes do evento; ou comprovativo de teste rápido de antigénio (TRAg), realizado 48h antes do início do evento (não são aceites auto-testes nem testes que não venham acompanhados do respetivo resultado laboratorial)
 
Não é requerida a apresentação de teste ou Certificado Digital a menores de 12 anos.
 
As portas abrem 60 minutos antes da hora marcada. A validação das condições de acesso pode atrasar as operações de acesso ao Coliseu, pelo que solicitamos que planeie a sua chegada um pouco mais cedo do que o habitual. A cultura é segura e cabe a cada um fazer a sua parte para continuarmos a viver bons espetáculos. 

Sessões

  • Disponível
  • Indisponível
  • Escolha uma data no calendário

Descrição

Vai dar para o torto de novo....A Peça está de volta!

Em 2020 chegou a Portugal para ganhar o Globo de Ouro em todas as categorias, mas a COVID-19 atirou para mais tarde essa oportunidade.

É um formato replica show “Ridiculamente divertida.” (The Times) e “Um triunfo técnico.” (Time Out) com comentários como “Por momentos pensei que ia hiperventilar.” (Daily Mail) ou “Rimos até as lágrimas nos escorrerem pela cara.” (Joanna Lumley)

Nota da produção: O público deve apresentar-se no teatro preparado com um analgésico e uma garrafa de água pois há riscos sérios de o espectáculo causar dores... de tanto rir!

Texto Henry Lewis, Jonathan Sayer, Henry Shields | Encenação Hannah Sharkey| Encenação residente Frederico Corado | Tradução Nuno Markl | Cenografia original Nigel Hook | Desenho de Luz original Ric Mountjoy | Guarda-Roupa original Roberto Surace | Coreografia original Dave Hearn | Música original Rob Falconer | Encenação original Mark Bell | Vídeo, Fotografia e Design Gráfico Renato Arroyo | Cabelos Nuno Souto | Costureira Rosário Balbi

Interpretação: Afonso Lagarto, Alexandre Carvalho, Brienne Keller, Cristóvão Campos, João Veloso, Madalena Brandão, Miguel Thiré, Rita Silvestre, Telmo Mendes, Telmo Ramalho e Valter Teixeira

Promotor

UAU – Produção de Espectáculos, Lda